HP SlateBook x2 chega às prateleiras

HP SlateBook x2 chega às prateleiras
 Por US$ 479,99, o híbrido da Hewlett-Packard traz uma prática mistura entre laptop e tablet com resolução respeitável, 2 GB de memória RAM e até 32 GB de espaço para armazenamento. Agora é oficial: o comentado híbrido da HP movido a Tegra 4 já pode ser adquirido online. A promessa era de que o SlateBook x2 chegaria às prateleiras em agosto mas, ao que parece, a fabricante resolveu se adiantar um pouco. O preço ainda é o mesmo que vem sendo divulgado há algum tempo: US$ 479,99 (aproximadamente R$ 1.100, desconsiderados os impostos), diretamente no site oficial da HP. O gadget aparece listado ali tanto como “notebook” quanto como “tablet” — o que, é claro, faz bastante sentido. Conforme já havia sido confirmado, o SlateBook x2 traz um display de 10,1 polegadas IPS sensível ao toque com resolução de 1920 x 1200 — com luminância  de 400 nit, o que é bem respeitável. O aparelho é movido por um processador quad-core Tegra 4, trazendo ainda 2 GB de memória RAM e espaço para armazenamento de 16 GB — expansível até 32 GB por meio de um cartão SD. Para garantir uma autonomia adequada ao formato híbrido, o SlateBook x2 vem com duas baterias: uma instalada no tablet e outra no teclado (a fim de alimentar o conjunto).

HP SlateBook x2 chega às prateleiras

O SlateBook x2 vem ainda com a vantagem de ser facilmente conectado e desconectado de seu teclado. Isso porque a ligação ali é exclusivamente magnética. Ademais, há duas câmeras, uma traseira e uma frontal (localizada onde se espera que exista uma câmera em um notebook). A despeito das proporções de notebook, quem puxa as cordas aqui é o Android 4.2.2 Jelly Bean.

Confira as especificações do HP SlateBook x2

  • Sistema operacional: Android 4.2.2;
  • Processador: Tegra 4 quad-core de 1,8 GHz;
  • Tela: LED IPS de 10,1 polegadas;
  • Resolução: 1920×1080;
  • Dimensões: 28,5 x 21,2 x 2 centímetros;
  • Peso: 1,4 quilogramas;
  • Armazenamento: 16 GB, expansível até 32 GB via cartão SD;
  • Câmera frontal: 720p;
  • Câmera traseira: 1080p;
  • Memória RAM: 2 GB DDR3L;
  • Entradas: áudio, USB 2.0, SD Card e HDMI;
  • Touchpad com suporte para gestos multitoque; e
  • Bateria extra quando acoplado ao teclado.
Advertisements

Galaxy Note 3 deve trazer GPU Adreno 330

Galaxy Note 3 deve trazer GPU Adreno 330

Aparelho vem com processamento gráfico poderoso e deve chegar às lojas já com o Android 4.3. Note 3 é poderoso, mas ficou atrás do Galaxy S4. Como já vem se tornando rotina nas últimas semanas, novas imagens tratando do novo Galaxy Note 3 vazaram na internet. Nas novas imagens é possível encontrar dados mais técnicos sobre o aparelho, principalmente graças a testes de benchmark flagrados na internet.

Na mais nova avaliação “encontrada”, é possível percebermos que o aparelho deverá mesmo contar com um processador Qualcomm Snapdragon 800, algo que já vinha sendo especulado. A novidade fica por conta da GPU utilizada, um novíssimo Adreno 330. Tal informação vem para turbinar ainda mais o hardware do gadget – que tem tudo para ser o mais poderoso já lançado no mundo dos portáteis. Além da GPU de ponta, especula-se que ele será lançado em duas versões: uma com o processador citado acima, o Snapdragon 800, e outra com um Exynos 5420, processador desenvolvido pela Samsung.

Vale citar que a primeira versão seria lançada na Europa e nos Estados Unidos, enquanto que a outra opção, com chip desenvolvido pela própria companhia sul-coreana, chegaria ao resto do mundo. Ele também deve trazer 3 GB de memória RAM, uma câmera traseira de 13 megapixels e um display de 5,99 polegadas com 1920×1080 pixels de resolução.

Fotos mostram o que seria o interior do Note 3.

galaxy-note-3-deve-trazer-gpu-adreno-330
Na imagem acima, uma nova foto do que seria um suposto protótipo é revelada pelo site Sammobile. O destaque na fotografia fica por conta do encaixe do display no corpo do aparelho. Vale lembrar que não há confirmações sobre a tecnologia da tela do gadget, de forma que ele pode trazer um display Super AMOLED, Super LCD ou mesmo novas tecnologias flexíveis. Android novinho em folha. Como não poderia deixar de ser, outra confirmação destacada pelo Sammobile mostra que o aparelho também deve chegar às lojas com a última versão do sistema operacional da Google. Ou seja, quem comprar um Galaxy Note 3 já poderá contar com todas as funcionalidades do Jelly Bean 4.3.

Pesquisadores criaram chips que imitam o funcionamento do cérebro através de circuitos eletrônicos

Veias sanguíneas em um cérebro

 Veias sanguíneas em um cérebro: em médio prazo, os novos chips poderão ser utilizados na fabricação de robôs para permitir que evoluam de forma autônoma, afirma pesquisador. Genebra – Uma equipe de pesquisadores suíços criou microprocessadores (chips) que imitam o funcionamento do cérebro através de circuitos eletrônicos, anunciou a Universidade de Zurique. Os circuitos desenvolvidos pela Universidade de Zurique e pela Escola Politécnica Federal são comparáveis a um verdadeiro cérebro do ponto de vista do tamanho, da velocidade e do consumo de energia, segundo um comunicado. Como o cérebro, os “chips neuromórficos” são capazes de tratar informações em tempo real e os circuitos eletrônicos aos quais pertencem podem ser configurados para ações específicas. “O desafio é fabricar um sistema que se aproxime o máximo possível do cérebro humano”, declarou Giacomo Indiveri, professor da Universidade de Zurique. Em médio prazo, os novos chips poderão ser utilizados na fabricação de robôs “para permitir que evoluam de forma autônoma em determinados universos, sem serem teleguiados”, concluiu Indiveri.

Fonte: Exame.com

Novas imagens mostram o iPhone de baixo custo

Novas imagens mostram o iPhone de baixo custo

Aparelho vai ser feito em plástico e deve ser ofertado em cinco cores diferentes. O iPhone de baixo custo é alvo de novos rumores. Clicando aqui, você pode conferir que as supostas caixas do novo smartphone foram mostradas em uma fotografia, sendo que o nome do aparelho talvez seja iPhone 5C — a letra C talvez seja de color (cor) ou cheap(barato). Agora, novas fotografias vazaram e mostraram as cores em que o novo modelo do iPhone vai ser fabricado e qual a sua provável aparência. Como você pode conferir nas imagens, o smartphone da Maçã vai ser ofertado nas colorações azul, amarela, vermelha, branca e verde. No entanto, não se tem certeza se essas vão ser as únicas opções disponíveis. A companhia deve utilizar um design que é uma espécie de mistura entre o modelo 3GS e o 5 — ou seja, um aparelho comprido e com bordas mais arredondadas. Além disso, o smartphone vai ser feito com uma peça única de plástico, como é possível observar na imagem que está posicionada no final desta notícia. Apesar de ainda não haver informações concretas sobre as especificações do aparelho, através dessas imagens, você seria um comprador do iPhone 5C? Para responder, basta deixar o seu comentário explicando a sua opinião.

Novas imagens mostram o iPhone de baixo custo

Fonte: DviceNowhereelse.fr

Android é o sistema mais consumido no mercado global de tablets

Android é o sistema mais consumido no mercado global de tablets

Google conta com 67% de presença mundial, enquanto a Apple e o iOS ficam em segundo lugar, com 28%. Strategy Analytics é uma empresa especializada em realizar análises de mercado, constatando, entre outras coisas, quais marcas são as mais utilizadas em determinados países ou no mundo todo. A novidade é que essa companhia disponibilizou os dados de uma de suas últimas pesquisas, voltada para o consumo mundial de tablets. Os números obtidos levam em consideração as vendas do segundo trimestre deste ano e dizem respeito ao sistema operacional mais utilizado em todo o mundo. Dessa maneira, ficou constatado que a Google é a líder global, já que o Android é o sistema mais vendido através dos tablets, com o iOS em segundo lugar no pódio. De acordo com a pesquisa, o Android foi comprado em 34,6 milhões de unidades de tablets, número que não passou de 19 milhões no ano anterior. Por conta disso, a presença da Google no mercado mundial é de 67%. Enquanto isso, as vendas do iPad caíram, comercializando “apenas” 14 milhões de aparelho e alcançando a marca de 28%. Com o lançamento e consolidação dos seus tablets, a Microsoft conseguiu vender 2,3 milhões de aparelhos e alcançar o terceiro lugar com o sistema Windows — a sua “fatia” do mercado é de 4,5%. O quarto lugar fica com o Blackberry (0,2%), sendo que os outros sistemas operacionais não chegaram a um percentual considerável. Além disso, a Strategy Analytics também mostrou que o consumo por tablets no mundo todo aumentou 47% em relação ao segundo trimestre de 2012. Levando em consideração os “white-box” — aparelhos feitos por uma empresa e vendidos por outro —, foram vendidas 51,7 milhões de unidades.

Fonte: Engadget VentureBeat

Beta do iOS 7 aponta o uso de sensor de digitais no próximo iPhone

Beta do iOS 7 aponta o uso de sensor de digitais no próximo iPhone

 Recurso foi encontrado dentro de arquivos internos da versão mais recente do software da Apple. Se você gosta de tecnologia e costuma acompanhar as notícias sobre as próximas novidades, deve saber que o futuro iPhone talvez tenha recursos de ponta para competir com os outros lançamento do segundo semestre de  2013. Uma das ferramentas mais comentadas é o famoso sensor de digitais. Dessa maneira, você poderia desbloquear o smartphone ou realizar outros comandos apenas colocando o seu dedo sobre o sensor. No entanto, não havia afirmações concretar sobre o uso deste recurso, de modo que não havia como falar dele sem deixar a esfera dos boatos — e isso fez com que algumas pessoas ficassem desconfiadas quanto à veracidade dessa informação. Para mudar o cenário descrito anteriormente, o hacker Hamza Sood procurou e encontrou sinais de que essa ferramenta realmente vai ser incorporada ao próximo iPhone. Isso só foi possível pelo fato de que ele estava utilizando a última versão beta que foi lançada do iOS 7 pela Apple para desenvolvedores — e, em pastas internas do sistema, havia um arquivo que diz respeito ao sensor biométrico. Além disso, uma fonte anônima e que afirma estar em contato com o projeto da empresa da Maçã afirmou que a interface para que o sensor de digitais seja utilizado já está pronto. Por conta disso, podemos esperar que o recurso esteja presente no próximo iPhone, que deve ser apresentado ao público no fim de setembro.

Gradiente anuncia iPhone novo e diz que é superior ao da Apple

gradiente-anuncia-novo-iphone-e-diz-que-e-melhor-que-o-da-apple

Smartphone C600 com Android suporta até dois chips ativos e deve custar R$ 1,2 mil. A Gradiente continua disputando judicialmente com a Apple o uso da marca “iPhone”, mas nem isso impediu a companhia de anunciar um novo modelo de smartphone para competir com a rival. Sucessor do modelo Neo One, o “iphone C600” (assim, com letras minúsculas mesmo) tem configurações renovadas, agora conta com a loja virtual Google Play e suporte para dois chips SIM que podem receber chamadas simultaneamente.

Gradiente anuncia novo iPhone e diz que é melhor que o da Apple

O smartphone ainda conta com a tecnologia Miracast, que permite a transmissão sem fio de conteúdo do celular para outros dispositivos, como áudio e vídeo para televisores compatíveis, por exemplo. Abaixo, confira as especificações técnicas do modelo:

  • Tela HD de 5” (1280×720 pixels);
  • Sistema operacional Android 4.2.2 (Jelly Bean);
  • Processador dual-core de 1,4 GHz;Memória interna de 8 GB (expansível até 40 GB);
  • Câmera digital com 13 MP e frontal de 2 MP;
  • Rádio FM;
  • Conectividade 3G+;
  • Dual-SIM com ambos os chips ativos.

Gradiente anuncia novo iPhone e diz que é melhor que o da Apple

Além de anunciar todos os recursos do novo celular, a Gradiente foi além. A empresa montou uma tabela comparativa para provar que o produto é melhor que o da Apple – e, aparentemente, de acordo com os números liberados pela empresa, isso é verdade (mas não se sabe se o desempenho final do aparelho será mesmo esse). Na ilustração, modelo ganha em itens como tamanho e resolução de tela, sensor da câmera e até processador.

Gradiente anuncia novo iPhone e diz que é melhor que o da Apple

O preço, segundo a empresa, será a metade do rival. Como o iPhone 5 vale R$ 2,4 mil atualmente, o iphone C600 deve sair por R$ 1,2. A data de lançamento prevista é para outubro deste ano – coincidentemente ou não, mesma época em que um novo iPhone da Apple pode chegar ao mercado.

Fonte: Gradiente