iZettle chega ao Brasil: gadget transforma smartphone em máquina de cartão

iZettle chega ao Brasil: gadget transforma smartphone em máquina de cartão

Em parceria com o Santander, a empresa sueca promete revolucionar os pagamentos em cartão para pequenas e médias empresas. Você pode nunca ter ouvido falar nele, mas em pouco tempo deve estar passando seu cartão de crédito nestes equipamentos, em qualquer canto do país. Com a mesma largura do iPhone e metade de sua altura, o pequeno aparelho vem ao país em parceria com o banco Santander. Ele é capaz de fazer a leitura de cartões com chip e, com a ajuda de um aplicativo específico, fazer transações da mesma forma que qualquer máquina de cartão daquelas que você encontra hoje nas lojas brasileiras. Magnus Nilsson e Anders Norinder nos receberam para o bate-papo, no qual mostraram todo o potencial do aparelho e detalharam o funcionamento do sistema. Nilson é o fundador da empresa e veio da Suécia exclusivamente para o lançamento do produto no mercado brasileiro, e Norinder é o CEO da empresa em seu braço brasileiro. A proposta do iZettle é simples: com um smartphone ou tablets rodando iOS ou Android e conexão com a internet, você é capaz de receber pagamentos de cartões de crédito – até o final do ano, um novo modelo aceitando débito também deve ser lançado. Um dos diferenciais do serviço é que não é necessário investir em custos fixos mensais: o aparelho custa R$ 99 e, depois disso, você só paga uma taxa de 5,75% sobre o valor de cada transação. Se você não usar o iZettle, não vai gastar nenhum centavo. Isso faz com que o sistema seja altamente atrativo para empreendedores individuais e empresas com um pequeno volume de vendas no cartão: o vendedor não perde o negócio pela falta do equipamento e, ao mesmo tempo, não precisa gastar centavo algum caso não utilize o iZettle.

iZettle chega ao Brasil: gadget transforma smartphone em máquina de cartão

Segundo Nilsson, a intenção é democratizar o pagamento por cartão, fazendo com que qualquer empreendedor brasileiro seja capaz de aceitar pagamentos via cartões. A empresa chega ao país de olho nos grandes eventos esportivos dos próximos anos. “Com a Copa do Mundo e as Olimpíadas chegando é essencial que até mesmo as pequenas empresas e prestadores de serviço estejam preparados para o enorme volume de pagamentos feitos em cartão que os eventos proporcionam”. Nilsson ainda complementa: “O Brasil é o segundo maior mercado de cartões no mundo. Mais de 99% dos negócios no país são MPEs (pequenas e médias empresas) e queremos lhes dar força para oferecer uma alternativa para nunca mais perder uma venda por só aceitar dinheiro”. Quem se cadastrar no site (clicando aqui) até o dia 30 de setembro deste ano vai passar por uma análise de cadastro e pode receber o aparelho gratuitamente. Depois disso, o equipamento passa a custar R$ 99 (ao escolher o Santander para o recebimento, o comprador recebe metade do valor do equipamento de volta). Com o iZettle em mãos, é só fazer o download dos aplicativos no Google Play ou iOS para começar a usar.

iZettle chega ao Brasil: gadget transforma smartphone em máquina de cartão

O aplicativo do iZettle tem funções bastante práticas para o empreendedor e que vão muito além do recebimento de valores. Você pode cadastrar todo o seu catálogo de produtos, cardápio ou lista de serviços com sua descrição e preço. Na hora da venda, marque os produtos vendidos e o próprio app faz a soma da compra. Então, é só inserir o cartão no equipamento, que fica plugado à entrada de fone de ouvido. O dono do iZettle confirma a venda e o consumidor precisa assinar a “nota” virtual e cadastrar seu email na primeira utilização. Com isso, o comprador recebe um comprovante de compra virtual, que inclui descrição e imagens do produto, além de um mapa mostrando o local em que aquela aquisição foi feita. Se o vendedor preferir, ele também tem a opção de imprimir esse documento diretamente de seu gadget, caso tenha uma impressora compatível com seu smartphone ou tablet. Outra grande vantagem está na agilidade no recebimento de pagamentos. Ao contrário das soluções tradicionais, no iZettle o vendedor leva no máximo 5 dias para ter o dinheiro em sua conta. Com as máquinas de cartão, geralmente são 30 dias até que o pagamento seja feito. O iZettle já está em pleno funcionamento em oito países (Dinamarca, Finlândia, Noruega, Alemanha, Suécia, Espanha, Reino Unido e México) e, segundo Nilsson, não foram registrados casos de fraudes no sistema. A utilização do chip garante que os dados do cartão não possam ser acessados pelo vendedor, ao contrário de soluções semelhantes para gadgets móveis, que necessitam da inserção do número de segurança e dados completos do cartão. Segundo Cassius Schymura, diretor da Divisão de Cartões do Santander Brasil, a segurança no sistema foi um dos pontos observados na hora da escolha. “Chegamos à parceria com a iZettle após realizar uma extensa análise do que há de melhor no mundo para garantir segurança e agilidade nas transações móveis com cartões”. Em seu lançamento no Brasil, o iZettle permite o pagamento com cartões das bandeiras MasterCard e Visa, no entanto no exterior o aparelho também é capaz de validar contas com outras bandeiras, o que indica que uma ampliação deve vir em breve. Segundo Nisson, a equipe está empenhada em adaptar ao máximo o serviço para as necessidades dos consumidores brasileiros. Uma das implementações importantes no país é a possibilidade de realizar pagamentos parcelados, algo que não é comum nos países europeus em que o iZettle já está estabelecido.

Advertisements

Ataque de hackers deixa sites chineses fora do ar

Ataque de hackers deixa sites chineses fora do ar

 Domínios da China tiveram problemas durante o fim de semana. O governo da China revelou que sofreu um dos maiores ataques cibernéticos de que se tem notícia no último domingo (25). Durante o ataque, sites com o domínio .cn não poderiam ser acessados ou funcionavam em uma velocidade muito baixa. De acordo com o Centro de Informação da Internet da China, que cuida dos domínios .cn, durante as 2h e 4h da manhã de domingo, dia 25 de agosto, a rede foi atacada, afetando os serviços. Em entrevista ao The Wall Street Journal, a empresa CloudFlare, que cuida de acessos à internet, informou que foi sentida uma queda de 32% no tráfego em domínios chineses durante o ocorrido. Ainda não se sabe a origem do ataque, que pode ter sido orquestrado por apenas uma pessoa. De acordo com Matthew Prince, CEO da CloudFlare, não seria muito assertivo afirmar que o ataque necessitaria de muitos recursos e conhecimento técnico, podendo ter sido feito por um indivíduo. Vale lembrar que a China é constantemente acusada de possíveis ataques, já que contaria com um verdadeiro exército cibernético, pronto para agir. No momento, os serviços de internet chineses já operam em sua totalidade, enquanto investigações para tentar encontrar o responsável ou responsáveis pelo ataque estão em andamento.

Novo Nexus 7 já está disponível na Europa e no Japão

Novo Nexus 7 já está disponível na Europa e no Japão

Mas, infelizmente, nenhum sinal do aparelho chegando no Brasil. Segundo o Phandroid, o mais novo modelo doNexus 7 acaba de deixar de ser uma exclusividade dos EUA e Canadá. O aparelho, que vem fazendo sucesso (mesmo tendoproblemas em seu multitouch) desde seu lançamento, agora já chegou a vários outros países, como no Reino Unido, na Alemanha, França, Espanha e Japão. Para aqueles que moram nessas áreas, é possível adquirí-los diretamente pela loja da Google. Já para nossos leitores em terras tupiniquins, a área está completamente inacessível – ao menos ver o aparelho disponível em outros países nos dá a esperança de vermos o Nexus 7 (2013) chegando por aqui em um futuro não tão distante.

Fonte: Phandroid

Usuários de 4G no Brasil devem atingir 1 milhão até final de 2013

Usuários de 4G no Brasil devem chegar a 1 milhão até o final do ano
Anatel espera atingir 4 milhões de pessoas com a tecnologia até dezembro — uma previsão irrealista, de acordo com especialista.  A tecnologia 4G deve alcançar o primeiro milhão de usuários até o final do ano, de acordo com a consultoria de telecomunicações Teleco. A estimativa da Anatel, com base nos dados da indústria, era chegar em dezembro com 4 milhões de usuários – a previsão foi considerada irrealista na avaliação do presidente da Teleco, Eduardo Tude. De acordo com Tude, é preciso que o preço dos smartphones caia para que haja um crescimento expressivo no número de usuários do 4G no país. “É difícil ter um crescimento forte porque os smartphones ainda estão com um preço muito alto. Enquanto não chegarem modelos com preços mais acessíveis, o que deve acontecer a partir do ano que vem, não vai ter um crescimento desse porte”, disse Tude em entrevista à Info. O presidente da Teleco afirmou ainda que a tendência é que a produção de aparelhos equipados com a tecnologia 4G abaixo de mil reais aumente. O preço dos dispositivos deve cair devido ao crescimento mundial de acessos à tecnologia 4G e a escalada de produção dos equipamentos. O estado com maior número de linhas de 4G ativas é São Paulo, com 66,4 mil usuários – só no código de área 11 são 44,4 mil acessos. Em seguida está o código de área 21, que abrange a cidade do Rio de Janeiro, com 21,8 mil usuários de 4G. A região com menor adesão é o interior do Piauí, com DDD 89, onde há apenas 94 usuários de 4G até agora.

Samsung prepara câmera com sensor de 16 megapixels e estabilizador óptico

Samsung prepara câmera com sensor de 16 megapixels e estabilizador óptico
Próxima geração de smartphones da Samsung deve contar com nova tecnologia de câmera, mas o Galaxy Note III fica sem a novidade. De acordo com equipes de desenvolvimento dentro da indústria, a Samsung está preparando um novo modelo de câmera com sensor de 16 megapixels para equipar seus aparelhos portáteis top de linha a partir do próximo ano. Esse pode parecer um ganho de resolução relativamente pequeno se comparado aos modelos atuais da empresa; afinal, o Galaxy S4 Zoom oferece a mesma quantidade de megapixels. Porém, o novo sensor trabalha com um sistema de estabilização óptico de imagem (OIS) que deve melhorar ainda mais a qualidade das fotos nos aparelhos da Samsung. Os rumores indicam que o Galaxy S5, ou seja qual for o nome do próximo smartphone da empresa, deve contar com essa tecnologia. Porém, o Galaxy Note III, que a Samsung revela no próximo dia 4 de setembro, não deve contar com o recurso. Por problemas de calendário e fornecimento de material, o phablet deve chegar equipado com o mesmo modelo de câmera do Galaxy S4, com 13 megapixels e sem o estabilizador óptico. A Samsung guarda anúncios para o dia 4 de setembro, quando deve revelar novidades, gadgets e novos aparelhos.

Fotos vazadas mostram o suposto iPhone 5S dourado

Ao centro, o tal modelo dourado do novo iPhone.  Aparelho não tem coloração tão diferenciada, mas modelo bate com carcaças divulgadas recentemente.

iPhone 5S pode ser revelado durante o próximo evento da Apple, no dia 10 de setembro, e um modelo em especial é o mais aguardado pelos fãs e colecionadores: umasuposta edição dourada, que seria chamada de Gold/Champagne.

Até agora, não se sabe se o modelo será mesmo uma realidade, mas o site japonês Weekly Ascii divulgou uma galeria inteira com imagens da suposta versão dourada do smartphone – que, convenhamos, nem é tão dourada assim, apesar de ser bem diferente das outras duas cores tradicionais.

As imagens mostram o gadget dourado sozinho e na companhia de dois outros modelos. A carcaça, especialmente na parte traseira, bate com fotos divulgadas no final de julho de ano – mas só em algumas semanas é que será possível confirmar ou não a existência do aparelho. Veja nas

imagens abaixo outros ângulos do iPhone 5S Gold/Champagne:

Imagens:

      

Fonte: Weekly Ascii

Novo celular chinês Oppo terá tela de 4,7 polegadas e Jelly Bean

Novo celular chinês Oppo terá tela de 4,7 polegadas e Jelly Bean
Empresa pretende rivalizar com gigantes, como Sansumg e HTC, com smartphones Android. Enganam-se aqueles que pensam que o mundo dos smartphones com Android se resume a Samsung, HTC, LG e Sony. Diversas empresas asiáticas estão, aos poucos, tentando garantir o seu lugar ao sol e a Oppo é uma delas. A companhia chinesa anunciou um aparelho para competir com seus rivais mais famosos. Chamado de R819, o smartphone da Oppo oferece uma tela de quase cinco polegadas e Android 4.2.1 Jelly Bean. Além disso, o R819 é consideravelmente fino e leve, o que pode agradar a algumas pessoas.

As especificações técnicas do Oppo R819 são as seguintes:

  • Processador: Quad-core de 1,2 GHz;
  • Memória RAM: 1 GB;
  • Câmera: 8 megapixels (traseira) e 2 megapixels (frontal);
  • Display: 4,7 polegadas com resolução de 720p;
  • Sistema operacional: Android 4.2.1 Jelly Bean;
  • Espessura: 7,6 mm;
  • Peso: 112 gramas;
  • Espaço de armazenamento: 16 GB.

Outro fator interessante é que a Oppo está oferecendo o R819 com a possibilidade de escolha do tipo de sistema operacional. Se o consumidor preferir, pode levar o aparelho com o sistema operacional Android puro ou com a interface criada pela empresa. O R819 será lançado em setembro, pelo preço de US$ 349 (aproximadamente R$ 844), no mercado asiático. Ainda não existe previsão para que o aparelho seja lançado no Ocidente.