Teste do Xperia Z1 é divulgado

Hands-on: testamos o Xperia Z1 na IFA 2013

Confira nossas impressões inicias sobre o novo smartphone top de linha da companhia japonesa. Ocupando espaço central na exibição da Sony na IFA 2013, o Xperia Z1 é o produto de maior destaque apresentado pela empresa este ano. Contando com uma tela com dimensões nada modestas, o aparelho surpreende ao aliar um design atraente e um desempenho invejável. Tivemos a oportunidade de passar alguns minutos com o smartphone que impresiona tanto por sua tela de 5 polegadas de alta qualidade quanto pelo seu design bastante características. Note que essas são somente impressões iniciais do aparelho e que muitas de suas características não puderam ser testadas adequadamente no ambiente da feira.

Desempenho e design

O primeiro ponto que chama atenção no Xperia Z1 é seu design bastante característica da marca Sony. Apostando em linhas retas, a companhia desenvolveu um produto sofisticado que transmite uma sensação de durabilidade e resistência ao ser manuseado.

Hands-on: testamos o Xperia Z1 na IFA 2013

Um dos aspectos no qual o aparelho mais surpreende é em sua acessibilidade. Enquanto em muitos dispostivos (incluindo alguns com displays menores) é praticamente impossível alcançar todos os cantos da tela usando somente um dedo, esse problema não parece existir no gadget. Outro ponto que chama a atenção é o fato de o Xperia Z1 contar com um botão dedicado exclusivamente à captura de fotografias. Isso se mostra especialmente útil em situações nas quais você está em público e quer registrar rapidamente algum momento, dispensando o trabalho de ter que navegar pelos menus do smartphone até encontrar seu aplicativo de câmera.

Câmera

O grande destaque do Xperia Z1 fica realmente por conta de sua câmera e dos aplicativos integrados desenvolvidos pela Sony. Embora opções como o AR Effects pareçam ter sido adicionados simplesmente como uma mera curiosidade, opções como o Timeshift e o Info-eye se mostram bastante úteis.

Hands-on: testamos o Xperia Z1 na IFA 2013

No primeiro caso, basta apertar o botão de registro de imagens (digital ou físico) para que o smartphone registre diversas fotos seguidas, permitindo que você guarde aquelas que julgou mais agradáveis. O processo acontece de forma praticamente automática, sem que surja qualquer barra de espera ou aviso de que o aparelho está processando dados. Outro aplicativo que chama a atenção é o Sweet Panorama, que combina diversas fotografias para criar uma única imagem gigantesca. O resultado final provou-se muito agradável, mesmo que durante o processo de captura você não tenha sido exatamente preciso e tenha tremido um pouco o smartphone.

Hands-on: testamos o Xperia Z1 na IFA 2013
Infelizmente, o ambiente da IFA 2013 não permitiu que testassemos adequadamente funções como o Social live (que faz o streaming ao vivo de vídeos para o Facebook) e o Info-eye, cuja capacidade de encontrar informações baseadas em textos presentes no ambiente foi prejudicada por um ambiente com uma grande quantidade de informações e por uma conexão WiFi congestionada.

Desempenho

Embora não tenhamos conseguido testar o desempenho do aparelho em diferentes situações, aparentemente ele não tem problemas em lidar com qualquer espécie de conteúdo. A navegação pelos menus e aplicativos básicos do smartphone é praticamente instantânea, não havendo qualquer “engasgo” na transição de uma tarefa para outra.

Hands-on: testamos o Xperia Z1 na IFA 2013

Utilizando o software de benchmark AnTuTu, submetemos o produto a uma bateria de testes para conseguir ter uma ideia de suas capacidades. O dispositivo marcou impressionantes 29.623 pontos no aplicativo, o que o coloca facilmente à frente de concorrentes como o HTC One e o Samsung Galaxy S4. Vale notar que os testes foram conduzidos em uma condição de uso que não era a ideal, já que não foi possível configurar quais aplicativos estavam consumindo os recursos do hardware. Caso isso fosse possível, acreditamos que o aparelho teria apresentado um resultado ainda mais positivo.

Grande potencial futuro

Ao menos em um momento inicial, parece que a Sony acertou em cheio com o Xperia Z1. Além de entregar ao público um aparelho com hardware forte e um design atraente, a empresa conseguiu desenvolver aplicativos que realmente se mostram úteis, e não somente meras demonstrações técnicas cuja usabilidade não se aplica a momentos cotidianos. Resta esperar pelo lançamento oficial do aparelho para podermos testar todas as sua capacidades e recursos em um ambiente mais adequado. Ao menos se depender do que vimos na IFA 2013, as expectativas em relação ao novo smartphone top de linha da companhia japonesa são bastante positivas.

Confirmado pela Microsoft Xbox One vai ser lançado 22 de novembro no Brasil

Microsoft confirma: Xbox One será lançado em 22 de novembro no Brasil
 País está entre os 13 mercados que recebem o console da Microsoft inicialmente. Depois de muitas especulações, o Xbox One finalmente ganha uma data de lançamento. De acordo com o próprio site da Microsoft, o console de nova geração será lançado em 22 de novembro. O preço é de R$ 2.200. O dia vale também para o Brasil. Estamos inclusos na seleta lista do lançamento mundial que vale para outros 12 mercados: Austrália, Áustria, Canadá, França, Alemanha, Irlanda, Itália, México, Nova Zelândia, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos. Outras regiões receberão o console apenas em datas ainda não confirmadas de 2014. A pré-venda em distribuidoras brasileiras deve começar em breve, mas já é possível reservar o aparelho na Microsoft Store, por exemplo. A comparação com o lançamento do PS4 é inevitável: o console da Sony será lançado oficialmente em 14 de novembro em alguns países, mas chega ao Brasil em 29 de novembro, uma semana depois do Xbox One.

Moto X será vendido por R$ 1,7 mil no Brasil

Moto X será vendido por R$ 1,7 mil no Brasil

 Preço de venda vai ser confirmado nesta terça-feira (03), em evento promovido pela própria companhia em São Paulo. Um dos lançamentos mais aguardados para o segundo semestre deste ano era o smartphone Motorola Moto X. A companhia responsável pelo aparelho investiu em um bom desempenho, duração de bateria além do “normal” e alternativas interessantes de personalização — sendo que o aparelho vai ser apresentado ao público brasileiro nesta terça-feira (03). Para apresentar o seu novo aparelho, a Motorola organizou um evento na cidade de São Paulo, no qual todos os principais veículos da imprensa nacional vão estar presentes. Nele, a companhia vai confirmar o preço da novidade em território brasileiro, além de apresentar todas as configurações e possibilidades de utilização do Moto X.

Queimando a largada

Apesar de ainda ser segunda-feira (02), o provável valor de venda do novo smartphone da Motorola parece ter vazado. De acordo com o site TargetHD, o pessoal do Shoptime já estava oferecendo o modelo Moto X para pré-compra, estando disponível os modelos preto e branco pelo preço de R$ 1.799 — no entanto, a loja não conta mais com essa alternativa de aquisição.

Moto X será vendido por R$ 1,7 mil no Brasil

Se você se decepcionou com o valor alto, espere pelo pronunciamento oficial da Motorola que vai ser feito amanhã. Afinal de contas, o vazamento do preço de venda ainda é apenas um rumor, de modo que não é possível confirmá-lo — e é claro que você pode conferir a cobertura do Tecmundo para saber qual vai ser o real valor do Moto X no Brasil.

Novo PadFone Infinity surge em página de suporte técnico da ASUS

Novo PadFone Infinity surge em página de suporte técnico da ASUS
 Boatos sobre a existência do aparelho rodavam a internet desde o mês de julho. No começo de 2013, durante a MWC, a ASUS revelou o PadFone Infinity, smartphone com tela de cinco polegadas e processador quad-core Snapdragon. Alguns meses depois, começaram a surgir rumores sobre a existência de uma versão mais poderosa do gadget, conhecido até então como PadFone Infinity A86. Agora, o aparelho apareceu em uma página de suporte da ASUS, junto com o seu possível nome oficial. Na página de suporte técnico da ASUS, durante certo tempo, ao selecionar o tipo de produto como “PadFone”, aparecia entre os aparelhos o modelo “The New PadFone Infinity”. A referência ao gadget já foi removida da página, que agora só mostra o PadFone Infinity anunciado no início do ano.

Novo PadFone Infinity surge em página de suporte técnico da ASUS

O surgimento do modelo na página da ASUS pode indicar o possível anúncio do mesmo durante a IFA, feira de tecnologia que acontece na Alemanha a partir da próxima semana. O jeito é aguardar para saber se teremos um aparelho similar ao já apresentado, mas com um processador quad-core Snapdragon 800 e entrada para cartões de memória micro SD, ou se ele terá mais diferenças ainda não reveladas. Fique ligado aqui no Tecmundo para saber todas as novidades que serão apresentadas na IFA 2013, diretamente da Alemanha.

iZettle chega ao Brasil: gadget transforma smartphone em máquina de cartão

iZettle chega ao Brasil: gadget transforma smartphone em máquina de cartão

Em parceria com o Santander, a empresa sueca promete revolucionar os pagamentos em cartão para pequenas e médias empresas. Você pode nunca ter ouvido falar nele, mas em pouco tempo deve estar passando seu cartão de crédito nestes equipamentos, em qualquer canto do país. Com a mesma largura do iPhone e metade de sua altura, o pequeno aparelho vem ao país em parceria com o banco Santander. Ele é capaz de fazer a leitura de cartões com chip e, com a ajuda de um aplicativo específico, fazer transações da mesma forma que qualquer máquina de cartão daquelas que você encontra hoje nas lojas brasileiras. Magnus Nilsson e Anders Norinder nos receberam para o bate-papo, no qual mostraram todo o potencial do aparelho e detalharam o funcionamento do sistema. Nilson é o fundador da empresa e veio da Suécia exclusivamente para o lançamento do produto no mercado brasileiro, e Norinder é o CEO da empresa em seu braço brasileiro. A proposta do iZettle é simples: com um smartphone ou tablets rodando iOS ou Android e conexão com a internet, você é capaz de receber pagamentos de cartões de crédito – até o final do ano, um novo modelo aceitando débito também deve ser lançado. Um dos diferenciais do serviço é que não é necessário investir em custos fixos mensais: o aparelho custa R$ 99 e, depois disso, você só paga uma taxa de 5,75% sobre o valor de cada transação. Se você não usar o iZettle, não vai gastar nenhum centavo. Isso faz com que o sistema seja altamente atrativo para empreendedores individuais e empresas com um pequeno volume de vendas no cartão: o vendedor não perde o negócio pela falta do equipamento e, ao mesmo tempo, não precisa gastar centavo algum caso não utilize o iZettle.

iZettle chega ao Brasil: gadget transforma smartphone em máquina de cartão

Segundo Nilsson, a intenção é democratizar o pagamento por cartão, fazendo com que qualquer empreendedor brasileiro seja capaz de aceitar pagamentos via cartões. A empresa chega ao país de olho nos grandes eventos esportivos dos próximos anos. “Com a Copa do Mundo e as Olimpíadas chegando é essencial que até mesmo as pequenas empresas e prestadores de serviço estejam preparados para o enorme volume de pagamentos feitos em cartão que os eventos proporcionam”. Nilsson ainda complementa: “O Brasil é o segundo maior mercado de cartões no mundo. Mais de 99% dos negócios no país são MPEs (pequenas e médias empresas) e queremos lhes dar força para oferecer uma alternativa para nunca mais perder uma venda por só aceitar dinheiro”. Quem se cadastrar no site (clicando aqui) até o dia 30 de setembro deste ano vai passar por uma análise de cadastro e pode receber o aparelho gratuitamente. Depois disso, o equipamento passa a custar R$ 99 (ao escolher o Santander para o recebimento, o comprador recebe metade do valor do equipamento de volta). Com o iZettle em mãos, é só fazer o download dos aplicativos no Google Play ou iOS para começar a usar.

iZettle chega ao Brasil: gadget transforma smartphone em máquina de cartão

O aplicativo do iZettle tem funções bastante práticas para o empreendedor e que vão muito além do recebimento de valores. Você pode cadastrar todo o seu catálogo de produtos, cardápio ou lista de serviços com sua descrição e preço. Na hora da venda, marque os produtos vendidos e o próprio app faz a soma da compra. Então, é só inserir o cartão no equipamento, que fica plugado à entrada de fone de ouvido. O dono do iZettle confirma a venda e o consumidor precisa assinar a “nota” virtual e cadastrar seu email na primeira utilização. Com isso, o comprador recebe um comprovante de compra virtual, que inclui descrição e imagens do produto, além de um mapa mostrando o local em que aquela aquisição foi feita. Se o vendedor preferir, ele também tem a opção de imprimir esse documento diretamente de seu gadget, caso tenha uma impressora compatível com seu smartphone ou tablet. Outra grande vantagem está na agilidade no recebimento de pagamentos. Ao contrário das soluções tradicionais, no iZettle o vendedor leva no máximo 5 dias para ter o dinheiro em sua conta. Com as máquinas de cartão, geralmente são 30 dias até que o pagamento seja feito. O iZettle já está em pleno funcionamento em oito países (Dinamarca, Finlândia, Noruega, Alemanha, Suécia, Espanha, Reino Unido e México) e, segundo Nilsson, não foram registrados casos de fraudes no sistema. A utilização do chip garante que os dados do cartão não possam ser acessados pelo vendedor, ao contrário de soluções semelhantes para gadgets móveis, que necessitam da inserção do número de segurança e dados completos do cartão. Segundo Cassius Schymura, diretor da Divisão de Cartões do Santander Brasil, a segurança no sistema foi um dos pontos observados na hora da escolha. “Chegamos à parceria com a iZettle após realizar uma extensa análise do que há de melhor no mundo para garantir segurança e agilidade nas transações móveis com cartões”. Em seu lançamento no Brasil, o iZettle permite o pagamento com cartões das bandeiras MasterCard e Visa, no entanto no exterior o aparelho também é capaz de validar contas com outras bandeiras, o que indica que uma ampliação deve vir em breve. Segundo Nisson, a equipe está empenhada em adaptar ao máximo o serviço para as necessidades dos consumidores brasileiros. Uma das implementações importantes no país é a possibilidade de realizar pagamentos parcelados, algo que não é comum nos países europeus em que o iZettle já está estabelecido.

Ataque de hackers deixa sites chineses fora do ar

Ataque de hackers deixa sites chineses fora do ar

 Domínios da China tiveram problemas durante o fim de semana. O governo da China revelou que sofreu um dos maiores ataques cibernéticos de que se tem notícia no último domingo (25). Durante o ataque, sites com o domínio .cn não poderiam ser acessados ou funcionavam em uma velocidade muito baixa. De acordo com o Centro de Informação da Internet da China, que cuida dos domínios .cn, durante as 2h e 4h da manhã de domingo, dia 25 de agosto, a rede foi atacada, afetando os serviços. Em entrevista ao The Wall Street Journal, a empresa CloudFlare, que cuida de acessos à internet, informou que foi sentida uma queda de 32% no tráfego em domínios chineses durante o ocorrido. Ainda não se sabe a origem do ataque, que pode ter sido orquestrado por apenas uma pessoa. De acordo com Matthew Prince, CEO da CloudFlare, não seria muito assertivo afirmar que o ataque necessitaria de muitos recursos e conhecimento técnico, podendo ter sido feito por um indivíduo. Vale lembrar que a China é constantemente acusada de possíveis ataques, já que contaria com um verdadeiro exército cibernético, pronto para agir. No momento, os serviços de internet chineses já operam em sua totalidade, enquanto investigações para tentar encontrar o responsável ou responsáveis pelo ataque estão em andamento.

Novo Nexus 7 já está disponível na Europa e no Japão

Novo Nexus 7 já está disponível na Europa e no Japão

Mas, infelizmente, nenhum sinal do aparelho chegando no Brasil. Segundo o Phandroid, o mais novo modelo doNexus 7 acaba de deixar de ser uma exclusividade dos EUA e Canadá. O aparelho, que vem fazendo sucesso (mesmo tendoproblemas em seu multitouch) desde seu lançamento, agora já chegou a vários outros países, como no Reino Unido, na Alemanha, França, Espanha e Japão. Para aqueles que moram nessas áreas, é possível adquirí-los diretamente pela loja da Google. Já para nossos leitores em terras tupiniquins, a área está completamente inacessível – ao menos ver o aparelho disponível em outros países nos dá a esperança de vermos o Nexus 7 (2013) chegando por aqui em um futuro não tão distante.

Fonte: Phandroid